Estreias do cinema brasileiro – 12 de outubro

Hoje (12 de outubro) é o dia em que os novos filmes entram em cartaz no cinema. Nós da equipe do Prime trazemos todos os detalhes para vocês!

465450-jpg-cx_160_213_x-b_1_d6d6d6-f_jpg-q_x-xxyxx

A MENINA INDIGO

As crianças dos novos tempos já vivem entre nós. São portadoras de altas habilidades, são promotoras de novas formas de convivência. 

Sofia, uma criança de 8 anos rejeitada na escola porque “já sabe tudo”, resolve morar com o pai porque está na hora de “fazer ele e sua mãe se amarem de novo”. Com Murilo Rosa, Paulo Figueiredo e Fernanda Machado.

 

O mais interessante de A Menina Índigo é que apesar de nos apresentar Sofia como uma menina especial, mostrar todas as suas características, e explicar o que seriam as crianças dessa nova geração, o filme não te impõe uma opinião, não te força acreditar naquilo, até porque existe dúvida entre os personagens da estória sobre o tema, mas deixa você tirar as suas próprias conclusões de acordo com aquilo que acredita. (Novo Nerd)

 

455944-jpg-cx_160_213_x-b_1_d6d6d6-f_jpg-q_x-xxyxx

ENTRE IRMÃS

Nos anos 30, duas irmãs separadas pelo destino enfrentam o preconceito e o machismo, uma por parte da alta sociedade na cidade grande, e a outra de um grupo de renegados no interior. Apesar da distância, elas sabem que uma só tem a outra no mundo e cada uma, à sua maneira, vai se afirmar de forma surpreendente.

 

Entre Irmãs é ancorado na lógica do destino, de que há um conjunto de eventos inevitáveis pelo qual cada um deverá passar em sua jornada individual. Lindalva é apresentada a conceitos diferentes de justiça e de liberdade, aprendendo o peso do dever, enquanto Emília vê seus sonhos desmoronarem perante a realidade e aprende que o amor é algo complexo e aberto a infinitas possibilidades. (Omelete)

 

1574092-jpg-cx_160_213_x-b_1_d6d6d6-f_jpg-q_x-xxyxx

COMO SE TORNAR O PIOR ALUNO DA ESCOLA

Bernardo (Bruno Munhoz) e Pedro (Daniel Pimentel) são estudantes e enfrentam as clássicas tarefas de cumprir as obrigações escolares, tirar boas notas, ter bom comportamento e cumprir as regras da escola, cada vez mais elaboradas graças ao diretor Ademar (Carlos Villagrán). Frustrados, Pedro acaba encontrando um diário de como provocar o caos na escola sem ser pego, o que leva os dois amigos a seguirem as dicas do caderno.

 

Existem diversos elementos em Como se tornar o pior aluna da escola que causam uma boa surpresa e, mesmo quem não é muito fã do comediante Danilo Gentili pode gostar do filme, que ainda conta com grandes nomes da atuação, como Carlos Villagrán, o eterno e amado Quico (esse mesmo o lendário personagem do seriado mexicano Chaves) na pele do diretor Ademar. (Woo Magazine)

Vale lembrar também que no Prime há sempre o melhor do cinema nacional! Confira nossa programação completa em: http://bit.ly/ProgramaçãoPrime.

logo-prime