O hip hop como expressão na moda

O hip hop explodiu no final dos anos 1970 e início dos anos 1980 e sem dúvidas está muito vivo até os dias de hoje.  Apesar de ser um estilo musical, o hip hop também influencia, e muito, o modo de se vestir.  Vamos entender por que?

Em seu início, o hip hop era intimamente ligado à cultura gangsta. Entre os pioneiros estão as bandas NWA e Wu-Tang Clan, ambas cooperativas de artistas onde um estilo em comum de vestir significava a inclusão no grupo.  A primeira empresa a se especializar na costura hip hop foi aberta em 1989 por Karl Kani.  A Wu-Tang Clan havia lançado sua própria marca, a Wu Wear, no início da década de 1990.

 

wutang-1-6-2017

 

A origem política do hip hop fez com que os jovens artistas rejeitassem a alta costura e as tradicionais grifes. Ao invés disso, optaram por utilizar roupas esportivas e de rua. Um dos trajes clássicos da época era o chapéu de pescador Kangol, training Adidas e tênis Adidas Superstar ou Chuck Taylor Allstar.

A cultura hip-hop não é apenas focada em músicos, os b-boys e girls (dançarinos de brak) também fazem parte desse estilo. Para fazerem os movimentos da dança precisavam de roupas mais soltas, o que originou a estética de rua do hip hop.

Os grafites e a cultura hip hop também estavam muito ligados. A arte de rua e a  moda se encontraram no trabalho do estilista Stephen Sprouse, que mergulhou no cenário artístico nova-iorquino dos anos 1980 e ficou conhecido por suas estampas inspiradas em grafites.

 

tbt

 

Enquanto alguns artistas do hip hop continuavam abordando problemas sociais, outros focaram na ambição. Com isso,  a ideia de ostentação e extravagância passaram a ser primeiro plano. Com a finalidade de projetar uma imagem de sucesso, começou a ser comum utilizar casacos de peles, ternos alinhados, sapatos de couro de jacaré e joias de platina cobertas de diamantes para exibir o sucesso de crescer na vida e fugir da pobreza do periferia.

Nos anos 1980, as correntes de ouro tornaram-se um elemento- chave. O objeto refletia a tradição guerreira africana em que os homens mais poderosos exibem muito ouro. Outro elemento-chave eram os “grillz” – enfeite dentário de ouro – para realçar a prática verbal em um artista de rap.

 

Linha do tempo do Hip-hop

 

 
linha-do-tempo

 

logo-fashiontv