Elo Company vende filmes brasileiros para o canal Prime Box Brazil

Filme “Boca” é protagonizado por Daniel de Oliveira

Julho de 2019 – A Elo Company acaba de vender os filmes brasileiros “Menos que Nada”, “Do Lado de Fora” e “Boca” para a Box Brazil, programadora independente que atua nas principais operadoras de TV do país.

“Menos que Nada” tem a direção de Carlos Gerbase e conta a história de Dante, paciente de um hospital psiquiátrico, e uma médica interessada no seu caso que começa a investigar a vida anterior a doença dele. A série participou do Marché du Film, no Festival de Cannes de 2012 e também do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2013, entre outros.

O filme “Do Lado de Fora”, de Alexandre Carvalho, tem a participação de importantes nomes como os atores Marcello Airoldi e André Bankoff, a apresentadora Titi Muller e a drag queen Silvetty Montilla. Com humor, o longa mostra o pacto de quatro amigos para saírem do armário até a Parada LGBT do ano
seguinte.

“Boca” é uma adaptação da autobiografia Hiroito de Moraes Joanides, vivido por Daniel de Oliveira. Dirigido por Flavio Frederico, a obra mostra a região de prostituição conhecida como Boca do Lixo, no centro de São Paulo, durante os anos 1950 e 1960. Ali se passa a história do personagem principal, que após uma
tragédia pessoal, se torna o maior bandido da região.

 

Sobre a Elo Company
Empresa especializada em produção e distribuição audiovisual fundada por Ruben Feffer, Flavia Feffer e Sabrina Nudeliman Wagon. No mercado há 13 anos, conta com uma estrutura completa de produção de conteúdo, distribuição de obras audiovisuais em todas as plataformas e vendas para o mercado nacional e internacional. São mais de 150 títulos em seu lineup, entre eles “Rio Santos”, primeiro filme protagonizado por Bruna Marquezine, “Emicida” produzido pela RT Features, “Miss Beach Star” dirigido por Cris D’Amatto e protagonizado por Fabiana Karla, “Prisioneiro da Liberdade” de Jefferson De, “Torre das Donzelas” de Susanna Lira (vencedor do prêmio de Melhor Documentário pelo público na Mostra de Internacional de São Paulo), “Aos Olhos de Ernesto” da premiada Ana Luisa Azevedo, “Tito e os Pássaros” de Gustavo Steinberg, pré-indicado ao Oscar de 2019, “O Menino e o Mundo” de Ale Abreu, indicado ao Oscar de melhor animação, “S.O.S: Mulheres Ao Mar 2”, apenas para citar alguns.

A Elo Company tem entre seus principais objetivos conectar produções brasileiras com o mercado internacional e desenvolver novos modelos de negócios, como o Selo ELAS e o Projeta às 7. O Selo ELAS tem o intuito de fomentar projetos de longa-metragem com direção feminina e teve o seu primeiro lançamento em 2018, com o filme “Amores de Chumbo”. O Projeta às 7, iniciativa em parceria com a Cinemark, também começou em 2018 com o objetivo de ressaltar o cinema nacional e já lançou mais de 14 filmes dos mais diversos gêneros – do terror ao documentário esportivo.